• (61) 4104-6161
  • apoio@drplastica.com.br

Como a cirurgia plástica pode diminuir as bochechas grandes

Como a cirurgia plástica pode diminuir as bochechas grandes

Possuir bochechas grandes costuma ser motivo de incômodo na aparência para algumas pessoas. O volume decorre dos compartimentos de gordura presentes nas estruturas da face, que têm a função de proteção. Dentre esses compartimentos, há um que se estende quase que ao longo de toda a superfície lateral do rosto, desde a têmpora até próximo à mandíbula, e que recebe o nome de Bola ou Bolsa de Bichat. Quando encontrada em grande quantidade, essa Bolsa dá um aspecto mais arredondado ao rosto (dependendo, também, de componentes genéticos). É possível reduzir seu tamanho por meio da cirurgia plástica para diminuir as bochechas, chamada de bichectomia.

Com o objetivo de afinar o contorno facial, parte do compartimento de gordura é removido da região das bochechas na operação. A princípio, a cirurgia é apenas desaconselhada a pacientes abaixo dos 16 anos ou fora do peso adequado e contraindicada para portadores de doenças infecciosas ativas.

Como a cirurgia plástica pode diminuir as bochechas grandes

A Bolsa de Bichat localiza-se em plano profundo, abaixo de estruturas nobres da região facial. O acesso a ela se dá através de uma pequena incisão na cavidade oral, que facilita sua identificação e manipulação, minimizando os riscos. Quando é feita sem associação a nenhum outro procedimento, a cirurgia para diminuir as bochechas é intraoral, ou seja, o corte é feito dentro da boca, pois as mucosas bucais apresentam melhor cicatrização e não deixam marcas aparentes.

Os riscos relacionados à bichectomia são os comuns a qualquer procedimento cirúrgico, como sangramento e infecção, além de os relacionados às particularidades do local. A região de acesso na cavidade oral fica próxima de onde a saliva secretada chega à boca e a ramos bucais do nervo facial (responsáveis pela movimentação de parte da musculatura da boca), o que pode favorecer o surgimento de lesão nestas estruturas.

É preciso, também, proteger a via aérea, vulnerável a líquidos ou fragmentos que podem se deslocar na boca, principalmente em pacientes sob efeito de anestesia. Daí a importância de o procedimento ser realizado por um cirurgião plástico especializado em face e em ambiente adequado.

A cirurgia para diminuir as bochechas costuma ser rápida (em torno de 1h30) quando não há intercorrências e depende do tipo de anestesia utilizado. Geralmente, não há dor, apenas inchaço (que pode ser tratado com compressas de água fria) e manchas roxas, que podem durar de alguns dias a poucas semanas. Caso a incisão tenha sido feita dentro da boca, recomenda-se evitar o consumo de alimentos cítricos, porque podem causar mais desconforto. O uso de protetor solar com fator de proteção maior que 30 é muito importante.

O retorno às atividades diárias, em geral, demora uma semana e a volta às atividades físicas depende da avaliação do cirurgião. O resultado esperado após a bichectomia é um afinamento discreto do rosto. Pessoas com bochechas mais proeminentes podem notar um contraste maior. No entanto, pessoas que tenham o rosto mais “cheinho” devido a taxas altas de gordura corporal podem não notar tanta diferença.

A cirurgia para diminuir as bochechas é um tanto controversa para alguns profissionais. Essa região do rosto costuma perder gordura com o passar da idade e a retirada das Bolsas de Bichat pode acarretar em uma aparência mais envelhecida (e na necessidade de realizar preenchimentos posteriormente, para recuperar a aparência jovial).

AGENDE SUA CONSULTA +55 (61) 4104-6161 e (61) 99934-6161
admin

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: