• (61) 4104-6161
  • apoio@drplastica.com.br

A cirurgia de pálpebras é um procedimento que rejuvenesce as pálpebras superiores e inferiores

A cirurgia de pálpebras é um procedimento que rejuvenesce as pálpebras superiores e inferiores

Você conhece a blefaroplastia? A cirurgia de pálpebras é um procedimento que rejuvenesce as pálpebras superiores e inferiores. Ela pode remover o excesso de gordura, pele e músculos excedentes da região ao redor dos olhos.

Assim como todo o nosso corpo, as pálpebras também envelhecem. Após uma certa idade, elas podem apresentar flacidez, ficarem mais pesadas e às vezes até atrapalhar a visão. Assim como o restante do corpo, as pálpebras são formadas por pele, músculo e gordura. Com o tempo, a pele pode perder sua estrutura e elasticidade, ficando flácida. As camadas musculares podem enfraquecer e, com os efeitos da gravidade, a flacidez torna-se mais evidente. Isso provoca inchaços e aquelas bolsas abaixo ou acima das pálpebras.

Como funciona a cirurgia de pálpebras?

Com anestesia local associada ou não com sedação, a cirurgia de pálpebras dura em torno de duas horas. O cirurgião plástico irá remover ou redistribuir os depósitos de gordura ao redor dos olhos, assim como retirar o excesso de pele e músculos das pálpebras inferiores e superiores. Dependendo dos problemas específicos que precisam de correção, as pálpebras superiores e inferiores podem ser tratadas separadamente ou então em conjunto.

Antes do início do procedimento, a área a ser tratada é limpa, as linhas das incisões são desenhadas para que se tenha certeza que elas seguirão os contornos naturais das pálpebras e um anestésico é administrado. Com vários instrumentos cirúrgicos, remove-se uma camada de excesso de pele das pálpebras superiores, expondo o músculo. Em alguns casos, é retirada uma pequena faixa de músculo das pálpebras superiores, expondo as camadas seguintes, assim como os depósitos de gordura.

Quem pode fazer cirurgia de pálpebras ? É possível fazer com qualquer idade?

Não existe uma idade ideal, mas a maioria das pessoas que realiza a cirurgia de pálpebras tem acima de 40 anos. O cirurgião plástico é o profissional mais indicado para definir com você se o procedimento é necessário e o que deverá ser feito.

Há cicatrizes? Como é a recuperação?

Como a pele das pálpebras é muito fina, as cicatrizes tendem a ficar praticamente disfarçadas nos sulcos da pele. A cicatrização pode levar até três meses. O paciente pode começar a ler depois de dois a três dias e pode esperar para voltar ao trabalho em cerca de cinco a dez dias. Atividades mais extenuantes e consumo de álcool devem ser evitados nos primeiros dias.

Durante o período de recuperação, principalmente nos primeiros dois dias, deverão ser aplicadas na região compressas frias de soro fisiológico para ajudar a diminuir o edema. Geralmente não há dor no pós-operatório. Há casos de sensibilidade maior e pequenos surtos de dor que poderão ser diminuídos com uso de analgésicos.

O que a cirurgia de pálpebras não corrige?

Pés de galinha, manchas escuras sob os olhos ou sobrancelhas caídas não serão resolvidos com a blefaroplastia. Nesses casos, a cirurgia das pálpebras associada a outros procedimentos pode produzir resultados melhores. Também é importante que o paciente tenha em mente que a cirurgia das pálpebras não proporciona rejuvenescimento geral da face. Ela trata apenas a região peri-ocular. Muitos pacientes esperam que a blefaroplastia de maneira isolada proporcione um rejuvenescimento total do rosto, mas podem ser necessários outros procedimentos.

admin

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: