• (61) 4104-6161
  • apoio@drplastica.com.br

Rinoplastia: 5 principais dúvidas respondidas pelo cirurgião plástico Dr. Alexandre Nunes

Rinoplastia: 5 principais dúvidas respondidas pelo cirurgião plástico Dr. Alexandre Nunes

Apesar de ser um procedimento cirúrgico eficaz, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre a rinoplastia.  Trata-se de uma cirurgia plástica detalhada, já que o nariz é o ponto focal do rosto. Também é preciso respeitar os traços do paciente para oferecer resultados naturais sem interferir na funcionalidade do nariz. Se você está planejando realizar uma rinoplastia, o cirurgião plástico em Brasília Dr. Alexandre Nunes responde algumas perguntas.

1 – É possível escolher o formato do nariz?

Uma das dúvidas sobre rinoplastia de forma recorrente é sobre a escolha do formato do nariz. Algumas pessoas chegam ao consultório do cirurgião plástico com uma foto do nariz que gostaria de ter. De alguma atriz, celebridade e até mesmo de alguém da família. Mas quem define o formato correto do nariz é a própria harmonia do rosto do paciente.

O cirurgião plástico estuda qual o melhor procedimento para que o novo nariz não desequilibre a estética da face. Além disso, a espessura da cartilagem e o tipo de pele do paciente influenciam o tamanho e a forma do nariz.

2 – Qual o tipo de anestesia utilizada na rinoplastia?

A anestesia é sempre um tema de muitas dúvidas e inseguranças quando o assunto é a cirurgia plástica. E com a rinoplastia não poderia ser diferente, afinal, estamos falando de um procedimento que mexe com a estrutura e formato do nariz.

A anestesia é fundamental para eliminar por completo as dores e o desconforto que podem acontecer durante a cirurgia.

É por isso que a equipe deve contar com um anestesista capacitado para aplicar a medicação e monitorar os sinais vitais do paciente.

A rinoplastia pode ser realizada tanto com a anestesia local mais sedação, quanto com a anestesia geral. Normalmente, os cirurgiões optam por aplicar a anestesia local com sedação, uma vez que a anestesia geral é usada em casos mais complexos, varia de acordo com a experiência do cirurgião.

3- Como fica a respiração após a rinoplastia?

A cirurgia plástica do nariz, além de corrigi-lo esteticamente, visa melhorar a respiração do paciente, quando necessário. Problemas respiratórios, na maioria das vezes, estão relacionados ao septo que é corrigido na mesma cirurgia.

Ao longo do pós-operatório a respiração é comprometida sutilmente, visto que o inchaço se apresenta também na parte interna do nariz. Além de que a entrada de ar nas narinas é diminuída porque o movimento das asas nasais fica um pouco comprometido, devido a sua baixa elasticidade. Porém, assim como todas as cirurgias, os efeitos colaterais desaparecem gradualmente. Não há porque se assustar.

4 – Quando retornar às atividades físicas?

As dúvidas sobre rinoplastia também envolvem o retorno às atividades físicas.

O paciente deve permanecer em repouso relativo por sete dias, quando estará usando curativos. Depois desse período é possível retornar ao trabalho e às atividades sociais. Geralmente, nas duas primeiras semanas, o inchaço e os hematomas ainda são visíveis, melhorando progressivamente em até seis e oito semanas.

Academia e esportes sem contato podem voltar a ser praticados dentro de 30 dias. Esportes de contato devem esperar no mínimo dois meses.

5 – O resultado é definitivo?

O resultado da cirurgia é definitivo. Mas o nariz não ficará imune às mudanças naturais do corpo e de sua morfologia. A partir dos 50 anos, mais ou menos, ocorrem transformações da qualidade da pele de qualquer pessoa. Ela perde a rigidez, o corpo já não produz tanto colágeno como antes, e o nariz acompanha esse processo.

Exames e cuidados antes da rinoplastia

Antes de qualquer procedimento cirúrgico o paciente precisa passar por uma série de exames, como de sangue, avaliação cardiológica, entre outros. Além desses, na rinoplastia, quando há comprometimento funcional é preciso realizar uma tomografia e, quando necessário uma nasofibroscopia.

No geral, há poucos cuidados que devem ser tomados antes da cirurgia. Basta que o paciente fique em jejum por oito horas e não faça uso de anticoagulantes por, no mínimo, sete dias. Pessoas que usam remédios anticoagulantes e mulheres que estão amamentando devem conversar com seu médico para ver qual melhor momento para realizar a rinoplastia.

admin

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: