• (61) 4104-6161
  • apoio@drplastica.com.br

Orelha de abano: em quais casos a cirurgia plástica é recomendada?

Orelha de abano: em quais casos a cirurgia plástica é recomendada?

Assim como os outros elementos do rosto, as orelhas têm participação essencial na composição da harmonia da face. Mas, se por algum motivo, seja má-formação, anomalias de crescimento ou mesmo por traumas e doenças, você não está satisfeito com a aparência de suas orelhas, é possível corrigir o incômodo.

Um dos fatores mais comuns que levam as pessoas à cirurgia plástica é a chamada orelha em abano que pode ter sua forma, posição e proporção melhoradas com a cirurgia de otoplastia.

Quais casos a cirurgia plástica é recomendada?

Conforme estabelece a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), o procedimento é indicado, principalmente, para contornar a insatisfação de adultos e crianças com a aparência de suas orelhas, mas também é empregada para corrigir orelhas muito grandes (macrotia), orelhas salientes de um ou ambos os lados e em diferentes graus, sem que haja perda auditiva.

Como sempre destaco, a indicação de tratamento com cirurgia estética deve partir da vontade do próprio paciente, cabendo a mim, no papel de médico, estabelecer se os anseios são reais e qual o tratamento mais indicado.

Em crianças, a idade ideal para fazer essa cirurgia é a partir dos 6 ou 7 anos, período em que a orelha já está totalmente formada. Lembrando que devem estar saudáveis, sem doença graves ou com infecções crônicas não tratadas de ouvido, para que possam se submeter ao procedimento.

A otoplastia não é considerada uma cirurgia das mais invasivas, pois é feito apenas um corte na pele atrás da orelha, no sulco formado entre a orelha e a cabeça. A sedação pode ser com anestesia local, local com sedação ou geral, considerando-se o tamanho da cirurgia, as condições clínicas, psicológicas e a idade do paciente. Ele pode receber alta no mesmo dia ou no dia seguinte.

No pós-operatório, é preciso evitar qualquer tipo de trauma às orelhas e, por três semanas, também não é recomendado dormir sobre elas. Logo após o procedimento, o resultado definitivo pode ser percebido, pois a orelha já está praticamente com o formato final. E, em até seis meses, a cicatriz ficará imperceptível.

admin

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: