• (61) 4104-6161
  • apoio@drplastica.com.br

Implante de silicone na mama: 11 dúvidas respondidas

Implante de silicone na mama: 11 dúvidas respondidas

O verão ainda está longe mas mas se você tem vontade de dar um up e fazer algum procedimento estético e ficar com a autoestima lá em cima, uma das cirurgias mais procuradas pelas mulheres é a mamoplastia de aumento, ou seja, colocação de implante de silicone nas mamas. Mas aí surgem várias dúvidas. Respondemos cada uma delas a seguir:

Como é a cirurgia de implante de silicone?

Na cirurgia de aumento das mamas são colocadas próteses de silicone acima ou abaixo do músculo peitoral maior, geralmente por uma destas vias: pelo sulco abaixo da mama, pela axila ou pela aréola.

Nas mamas muito pequenas opta-se por colocar a prótese abaixo do músculo, pois quando colocada diretamente abaixo da pele fica aparente e com forma muito artificial. Ao cobrir a prótese com o músculo o contorno fica mais suave e natural.

Qual anestesia é usada?

A cirurgia normalmente é rápida e pode ser realizada com anestesia geral ou peridural, embora alguns profissionais prefiram apenas anestesia local e sedação.

Qual é a melhor prótese?

Entre os tipos de próteses, a mais utilizada é a redonda, sendo a anatômica (em gota) usada geralmente para reconstruções mamárias.

Como fica a cicatriz do implante de silicone?

A cicatriz pode ficar na axila, ao redor da aréola ou no sulco abaixo da mama.

Quando a prótese é colocada pela aréola a cicatriz fica escondida, mas há dificuldade para mudanças para implantes de silicone maiores, além de um risco aumentado de infecção e diminuição de sensibilidade do mamilo.

Na axila a cicatriz fica atrás da prega axilar (aquela levantado da frente da axila), tendo a forma de um “S”. Embora longe da mama, ela tende a ficar alargada e as vezes se tornar escura.

Já a cicatriz no sulco abaixo da mama fica bastante escondida e possibilita a colocação de próteses maiores, com menor número de complicações.

É seguro?

A colocação de implante de silicone é segura e tem um pós-operatório não complicado e com recuperação rápida e que, em suma, nada atrapalha uma futura gestação.

Como é o pós-operatório?

Agora vamos sair um pouco da parte técnica e entrar no que realmente interessa para a maioria das mulheres, o pós-operatório.

Tem de usar sutiã elástico por muito tempo? Vou precisar esconder a cicatriz do sol até quando? Essas duvidas são muito comuns, por isso é fundamental seguir as recomendações médicas corretamente para garantir o melhor resultado. Então, vamos a algumas regras básicas para este período:

Por quanto tempo tem de usar o sutiã elástico?

O pós-operatório costuma ser bastante tranquilo. A paciente sai da cirurgia utilizando um sutiã elástico, o qual deverá utilizar por cerca de um mês.

Sempre é necessário colocar dreno?

Não se coloca dreno, visto que ele só é utilizado em cirurgias para troca de próteses antigas.

Pode levantar os braços, dirigir e fazer exercícios?

Por aproximadamente quinze dias não é recomendável levantar os braços acima do ombro e nem fazer esforços com eles por um mês. Devido a esta impossibilidade de levantá-los, também se recomenda ficar sem dirigir por duas semanas.

Pode tomar sol?

É possível pegar praia no pós-operatório sim, mas deve-se evitar o sol na cicatriz por pelo menos três meses para que esta não fique marcada. Um desconforto que pode acontecer em caso de pegar sol nas mamas com pouco tempo de cirurgia é inchaço, mas nada preocupante caso a paciente esteja ciente.

Pode engravidar e amamentar?

A colocação de implante de silicone em nada interfere na gravidez e a paciente pode amamentar sem problemas.

Normalmente as mamas aumentam na gestação e acabam por ficar flácidas depois. O mesmo ocorre com pacientes com prótese, exatamente da mesma maneira.

admin

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: