• (61) 4104-6161
  • apoio@drplastica.com.br

Cirurgia Plástica íntima melhora a autoestima das mulheres

Cirurgia Plástica íntima melhora a autoestima das mulheres

A cirurgia íntima, conhecida como ninfoplastia, corrige as deformidades da região genital feminina. Normalmente está relacionada com a redução dos pequenos lábios vaginais que podem estar aumentados, causando constrangimento, problema psicológico e até comprometer o relacionamento afetivo da mulher.

Algumas mulheres se sentem incomodadas ao vestirem uma roupa mais justa porque o excesso de pele raspa entre as roupas ou as impedem de usar um biquíni para irem à praia. Outras têm tanta vergonha que evitam relações com seus parceiros ou não tiram a roupa na frente deles.

Este problema, muito comum entre as mulheres, é pouco discutido porque a maioria delas se sente constrangidas de comentar isso com suas próprias amigas, porém é um problema que pode ser facilmente corrigido com uma cirurgia. Ela pode ser realizada com uma anestesia local e uma sedação, e a paciente tem alta no mesmo dia.

Os cuidados começam na escolha de um cirurgião plástico que tenha conhecimento nas técnicas cirúrgicas desta região, já que é necessário a preservação da pele localizada próxima ao clitóris para a preservação da sensibilidade e do prazer. O recomendado é aguardar o desenvolvimento
completo da mulher. A paciente necessita realizar todos os exames pré-operatórios e uma avaliação cardiológica. No caso de anestesia com sedação é necessário um jejum de 8 horas antes da cirurgia.

Como é feita a Cirurgia Plástica íntima

A cirurgia é rápida, dura em torno de 40 minutos à uma hora, e pode ser realizada conjuntamente com outra cirurgia no mesmo ato operatório”

“São realizados pontos com fios absorvíveis, evitando a necessidade da paciente de retirá-los. Também recomendo uma medicação analgésica, mas é uma cirurgia quase sem queixas de dor

O ideal é manter a região sempre seca, evitar movimentos bruscos ou qualquer esforço físico por um mês, incluindo a atividade sexual, que pode prejudicar ou até abrir os pontos. A cicatrização normalmente se dá neste período. No começo podem ocorrer inchaço e edema, que vão diminuindo a cada dia e desaparecem completamente depois de 3 ou 4 semanas.

Outra insatisfação muito comum nas mulheres e que quase todas reclamam também é o excesso de gordura no monte pubiano, região acima da vagina onde se acumulam gordura. Por vergonha, poucas se queixam abertamente, mas o caso pode ser resolvido facilmente com a lipoaspiração.


admin

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: